segunda-feira, 8 de abril de 2013

Manual de profissões: Engenharia da computação

E aí galera, belezinha? Bom, hoje arrumei um tempinho e vim postar algo aqui pra vocês, na verdade é uma categoria nova que criamos aqui pro blog, vai se chamar "Manual de Profissões" nessa categoria iremos falar algumas coisas sobre diversas profissões. Pensamos nisso até mesmo pra ajudar quem está com dúvida sobre o que fazer depois que sair da escola. Uma das dicas pra ajudar nessa tarefa tão complicada já foi dada aqui uma vez que foi o curso técnico . Mas enfim, chega de blábláblá e vamos direto ao assunto, hoje a categoria começa com a profissão "Engenharia da computação"

Como todos sabem, a área da engenharia é bem abrangente e tem diversos setores: Engenharia Civil, Engenharia de automação, Engenharia mecânica e assim vai, hoje, como dito antes, vou falar sobre Engenharia da Computação. Escolhi esse setor da engenharia pois é um campo bem legal pra quem gosta de computadores (como eu).
Pra você que pensa que Informática é apenas saber mexer na internet, word, Excel, PowerPoint está muito enganado, a área da informática é muito abrangente e envolve muito mais que isso.

O que é Engenharia da computação?
É o conjunto de  conhecimentos usados no desenvolvimento de computadores e seus periféricos. O engenheiro de computação projeta, desenvolve, e constrói computadores, periféricos e sistemas que integram o hardware e software. Desenvolve produtos para serviços de telecomunicações. como os que fazem interligações entre redes de telefonia. Pode ainda implementar reder de computadores e seus componentes, como roteadores e cabeamentos.

Mercado de trabalho
A expansão do parque industrial brasileiro levou ao uso de muitas máquinas automatizadas e operadas por sistemas cumputacionais. "O bom período econômico que o país vive, faz com que busque mão de obra mais qualificada para lidar com essas máquinas", afirma o professor Sérgio Luis Cechin, coordenador do curso da UFRGS.  Diante desse panorama, a expectativa é que haja vagas em todo o país.


Resumindo, para ser um bom engenheiro da computação, você precisa gostar muito de computadores (é óbvio), mas acima de tudo ter a curiosidade de como ele funciona, entender das partes operacionais, gostar de programação (Elaboração de programas, aplicativos, software), ter boas ideias para elaborar um novo produto na área da tecnologia. O melhor de tudo é que o mercado de trabalho nessa área está aberto e precisando de pessoas com essa formação.
Quer um estimulo a mais para seguir nessa área? Então tá, o salário inicial de um engenheiro da computação é de R$3.270,00 (6 horas diárias); fonte: Confea. 
É um baita dinheiro não é?! Mas não adianta se guiar pelo salário, e sim pelo que gosta #ficadica.

É isso galera, peço que vocês comentem aqui dizendo o que acharam dessa nova categoria, e sobre qual profissão vocês gostariam que falássemos aqui.

Espero que tenham gostado, grande beijo !♥

4 comentários:

  1. duvida pra ser engenheiro de computação presiça ter mesmo o técnico , e quanto é o salario inicial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter um técnico é sempre bom pra qualquer área, pois você aprende as coisas na prática e sabe se realmente vai querer aquilo pra você, mas não é uma coisa obrigatória.
      O salário inicial é de R$3.270,00 (6 horas diárias).

      Excluir
    2. hummm obrigaDO

      Excluir

Fan Page

Search

Faça Parte!